Marketing

Seu Marketing acompanha as mudanças na sociedade?

21 de Julho de 2017- Por Cris Almeida - Redatora

Fazer Marketing hoje é igual há 15 anos? Pode ter certeza que não. Desde a prensa de Gutenberg (umas das primeiras tentativas de comunicar em larga escala, criada por volta de 1450), muita coisa mudou. No artigo "O jogo mudou, e a sua empresa vai ficar parada?" você confere dicas de como tornar a sua marca relevante diante desse novo cenário. 

A sociedade é um organismo vivo formado por pessoas e esse organismo vive em constante transformação. Sendo o Marketing uma ferramenta cujo objetivo é conectar pessoas, a conta é simples: a sociedade muda = o Marketing deve mudar.

Perfil do consumidor moderno

Seletivo

O consumidor atual vive cercado de informação e opções por todos os lados (tv, rádio, jornais, revistas, telefone, e-mails, redes sociais, outdoors...). Se conectar com esse público, exige estratégias mais rebuscadas.

O tradicional artifício de alugar um espaço (caro, por sinal) em um meio de comunicação para promover um produto, surte cada vez menos efeito e começa a ser desafiado pelas necessidades atuais.  

A técnica de “atirar para todos os lados”, anunciando para públicos muitos genéricos, tem chances cada vez menores de atingir um consumidor potencialmente interessado no seu conteúdo. Além disso, ter seu momento de entretenimento interrompido com um anúncio não é nada atraente para esse novo consumidor. Com um poder de escolha bem maior, ele pode tranquilamente clicar em “pular”, assim que seu anúncio aparecer na tela do YouTube invadindo um vídeo que ele estava assistindo e, acredite, ele vai clicar.

Ativo

Outra característica do consumidor atual, é que, diante de inúmeras novas tecnologias, ele deixou de ser um espectador passivo, para se tornar um ativo produtor de conteúdo que interage, comenta e compartilha material. Por esse motivo, é importante entender o seu consumidor para alcançar grandes resultados. Afinal, pense conosco: você acredita mais naquilo que uma empresa diz sobre si própria ou nos depoimentos que consumidores reais publicam em sites como o “Reclame Aqui”, por exemplo?

Que busca o que é de seu interesse

O livre acesso à informação também possibilita que o consumidor consiga encontrar os produtos do seu interesse. Então, além de localizar seu público, as empresas precisam facilitar ser “encontradas” por ele. Ao desenvolver peças publicitárias é essencial considerar a forma como seu prospect pode pesquisar pelo seu segmento em mecanismos de busca, por exemplo e, a partir deste estudo, utilizar palavras-chave ideais.

Que avalia posicionamentos ético-morais antes de se decidir

Ainda considerando o fato de que o público consegue te encontrar, é essencial planejar com cuidado o posicionamento da sua marca perante a sociedade e construir uma boa reputação. Afinal, uma empresa que não se importa com direitos humanos, conscientização ambiental e outras questões sociais, pode facilmente ser boicotada. Nossa escolha por determinadas marcas se baseia na nossa identificação com os motivos dela e do sentimento que ela nos transfere. Quando uma marca transfere seus motivos em toda a sua comunicação, ela gera identidade e posicionamento, o que cria presença, vínculo e valor.

Foque no cliente

A jogada atual é focar a estratégia de Marketing mais no cliente que no produto em si, afinal “Um cliente satisfeito é a melhor estratégia de negócios”.


Ao invés do processo: definição do produto > definição da embalagem > lançamento > distribuição; Utilizar: necessidades do consumidor > definição de produto que satisfaça essas necessidades > definição de embalagem > lançamento > distribuição > manter o relacionamento pós-venda.

Ofereça mais que propaganda

Neste ponto, considere que o item “lançamento” é muito mais do que apenas promover o produto. Mais que simplesmente propaganda, é preciso oferecer conteúdos que seu prospect precisa, nos canais em que seu prospect está.

Mantenha o vínculo

Quanto ao item “relacionamento pós-venda”, mais que um bom suporte do produto, é essencial continuar nutrindo o cliente com conteúdo personalizado, para mantê-lo por perto e garantir que, quando precisar novamente do seu produto ou segmento, ele vai procurar você, além de indicar a sua marca para outras pessoas.

Evolua

Um marketing antigo já não consegue atender as demandas cada vez mais específicas e segmentadas do público.  

Precisamos abandonar esse costume de criar propagandas meramente engraçadinhas e trabalhar para oferecer conteúdos úteis e experiências únicas para o prospect, ao invés de interromper momentos de lazer da sua rotina com ordens como “compre aqui”, “Assine já”, “Aja assim”. Essa época ficou no passado e hoje é preciso entender a mente do consumidor, prever seus desejos, resolver as suas dores e entregar conteúdos personalizados.

Os cursos de Marketing, as agências de publicidade e propaganda, os profissionais de marketing e os empresários precisam evoluir.

Desapegar do Marketing Tradicional demanda a necessidade de conhecer o público, compreender suas urgências, sua rotina, seus interesses, seus comportamentos, os canais que acessa e tudo mais que for possível coletar a respeito. Atingir esse nível de conexão com o prospect é essencial no Marketing Moderno, cujas ferramentas você poderá conhecer em nosso próximo artigo: Tendências do Novo Marketing.

E aí, até quando você vai continuar insistindo em um marketing ultrapassado?


Esse é o primeiro artigo da série “O Novo Marketing”

Confira abaixo os demais artigos:

2- Tendências do Novo Marketing  

3- 21 erros de Marketing que as marcas cometem 

4- Ferramentas do Novo Marketing 




O que achou dessa postagem?

Nos mande seu comentário, é simples e rápido.

Compartilhe essa Notícia:
Cris Almeida - Agência Gênia
Cris AlmeidaRedatora

Receba em primeira mão

Cadastre-se e receba as novidades em seu e-mail.

OUTRAS POSTAGENS

Anterior

Sua empresa está com pouco dinheiro…

Proximo

Tendências do Novo Marketing