OxiGênia

Descubra como melhorar a comunicação interna

22 de Março de 2017- Por Carol Faria - Desenvolvedora de Negócios

Saber nos comunicar é fundamental. Independente de onde estamos e com quem estamos falando, ao contrário do que possa parecer, comunicar e falar são coisas diferentes. Por isso, entenda um pouquinho mais sobre comunicação e aprenda alguns métodos que você pode utilizar para se comunicar melhor no ambiente corporativo - ou fora dele.

A comunicação surgiu há mais de 20 mil anos 

Os primitivos começaram a sentir na pele a necessidade de se comunicar uns com os outros e essa comunicação era feita por meio de expressão corporal, sons, ilustrações e tudo o que pudesse ser entendido. A pintura rupestre é um exemplo disso, pois os homens registravam suas memórias nas paredes das cavernas. 

Afinal, por que nos comunicamos?

A comunicação de 20 mil anos atrás e a de hoje em dia existem pelo mesmo motivo: a necessidade de se comunicar inerente aos seres humanos. Seja para expressar sentimentos, aprender e transmitir conhecimentos, registrar memórias ou simplesmente interagir com o próximo. 

As formas de se comunicar são inúmeras

Diferente de um passado distante, hoje, além da fala, da escrita e da linguagem de sinais, nós temos à disposição uma série de meios para utilizar em prol da comunicação: sinalização de placas, cartas, e-mails, redes sociais, televisão, rádio, jornal e revistas são só alguns desses meios.

Falar bem NÃO significa boa comunicação

Alloyse Boberg afirma isso de forma bem clara em uma de suas famosas citações “Comunicar-se bem não é sinônimo de falar bem. Isso é a boa oratória”. Afinal, a premissa da boa comunicação é entender as outras pessoas e conseguir transmitir a sua mensagem perfeitamente, e a comunicação pode ser feita de várias formas, não somente através da fala.

A importância da comunicação empresarial

Ao falar sobre comunicação empresarial, é fundamental saber o quanto ela é importante, pois além de estar presente diariamente no ambiente corporativo, somente a comunicação constante torna possível o alinhamento de toda a equipe em busca de um objetivo em comum.

Mais do que alinhar equipes, é a comunicação empresarial que possibilita o gerenciamento de crises num momento crítico. Ela é a base de tudo.

No vídeo abaixo podemos ter noção do quanto uma comunicação falha pode ser prejudicial em um momento de crise. O trecho é do filme Madagascar 2:

 

Melhorando a comunicação interna no ambiente corporativo

Existem algumas formas bastante simples que quando observadas e, de fato, seguidas podem melhorar - e muito - a comunicação tanto no ambiente corporativo como em qualquer diálogo ou transmissão de mensagem.

1. Tenha uma meta

Antes de ir até o destinatário da sua mensagem, tenha em mente a meta que precisa ser atingida. Com isso, é possível evitar o envio de recados incompletos, reuniões infinitas sem nenhuma conclusão e, no nosso caso, diminui tanto orientações quanto o próprio desenvolvimento de campanhas ou ações inconsistentes e inconclusivas.

2. Inclua o seu interlocutor

Faça com que o seu interlocutor entenda a real importância dele na tarefa a ser executada. Se o seu interlocutor se sentir importante para a solução de determinada questão, as chances de ele se engajar e dar o melhor de si aumentam infinitamente.

Durante a transmissão da mensagem use “nós” e não “você”. Mostre que juntos vocês vão encontrar o melhor caminho.

3. Respeito em primeiro lugar  

Olhe nos olhos, fale com a pessoa e não para a pessoa. Mostre interesse. Além disso, evite confusões, pergunte. Pergunte muito. Esclareça todas as suas dúvidas e não dê margem para criação de suposições.  

4. Fique atento à linguagem corporal

O corpo fala, e isso já é de conhecimento quase que unânime. Observe o seu corpo, quando você está incomodado, com pressa ou resistente a alguma coisa que está ouvindo, por mais que da sua boca saiam palavras belas e cheias de carinho, se o seu interior estiver incomodado, o seu corpo vai dizer isso. Seja através de movimentos como braços cruzados ou cabeça apoiada no queixo, por exemplo.

Portanto, se o que você está sentindo é diferente do que você está realmente dizendo, fique atento para não se entregar. 

5. Faça críticas objetivas e troque o “mas” por “e se”

Na hora de criticar alguém, preste atenção para não acabar criticando a pessoa ao invés de uma de suas atitudes. Ao invés de tentar mudar a personalidade de alguém, mostre que determinado ato foi prejudicial para a equipe. 

Outra técnica muito interessante para ser utilizada durante a comunicação interna de uma empresa é a troca do “mas” por “e se”. Ao escutar uma ideia que você não gostou muito, use “e se” para contestá-la. Tudo o que é dito antes do “mas” é esquecido, tudo o que é dito depois do “e se” é acréscimo. 

6. Pratique a empatia      

A empatia, como dissemos já dissemos aqui se trata da capacidade de se colocar no lugar do outro, enxergar o mundo através dos seus olhos e compartilhar dos seus sentimentos.

Portanto, antes de mais nada, coloque-se no lugar do interlocutor. Não seja a pessoa com a qual você não gostaria de conviver.

Comunique-se corretamente e todo mundo vai sair ganhando

O que você ganha comunicando-se corretamente? Inúmeros benefícios! Credibilidade, informações mais rápidas e objetivas, reforço do sentimento de equipe, motivação de pessoal, aumento da troca de conhecimento e melhora do clima organizacional. 

Lembre-se: “60% de todos os problemas administrativos resultam de ineficácia na comunicação.” (Peter Drucker). Que tal se comunicar melhor e evitar a maioria dos problemas do seu ambiente de trabalho? 

O que achou dessa postagem?

Nos mande seu comentário, é simples e rápido.

Compartilhe essa Notícia:
Carol Faria - Agência Gênia
Carol FariaDesenvolvedora de Negócios

Receba em primeira mão

Cadastre-se e receba as novidades em seu e-mail.

OUTRAS POSTAGENS

Anterior

O que aprender com o Super Bowl?

Proximo

Você sabe o que é Autonomia e qual a…