OxiGênia

Afinal, o que é brainstorm (e como fazê-lo corretamente)?

04 de Novembro de 2016- Por Carol Sabadin - Executiva de contaso que é brainstorm e como fazê-lo corretamente?

O OxiGênia acontece aqui na Gênia, às sextas-feiras, a cada 15 dias, e nada mais é do que um momento para estimular a nossa mente com diversos conteúdos trazidos por toda a equipe.

Com tanta informação importante, resolvemos que não seria justo manter tudo isso entre a gente. Por isso, a partir de agora, todos os nossos momentos OxiGênia serão divulgados também aqui no blog. Aproveite!

Bom, antes de começar a explicar como fazer um brainstorm mais produtivo, e como potencializar os resultados desta importante ferramenta, vamos começar do zero:

O que é Brainstorm?

Mais do que uma famosa banda de pop rock da Letônia, o brainstorm é uma importante ferramenta para solução de problemas de forma criativa, assim como eu já comentei inclusive em uma entrevista para o canal da Nathana Lacerda. Mas, como tudo nessa vida exige técnica, se atente às dicas fundamentais para um bom brainstorm:

1. Defina qual é o problema que precisa ser resolvido

Todos os participantes devem saber qual é o problema a ser resolvido, ou qual é o foco do brainstorm. O ideal é pensar em um problema, ou tema, que possa ser resumido em uma única frase. Por exemplo: “Como aumentar o engajamento das redes sociais do cliente X?”.

2. Momento da escalação do time

Na hora de escalar o seu time participante, o ideal é formar um grupo heterogêneo. Pessoas de diferentes setores, ou que não serão afetadas diretamente pelo tema da reunião, podem contribuir com ideias surpreendentes. 

Líder: figura que deve garantir a produtividade do brainstorm. O líder é responsável por trazer o foco do time de volta para o problema a ser resolvido, no caso de distrações.

Moderador: figura responsável por anotar todas as ideias. O moderador não deve se preocupar com erros de digitação ou erros ortográficos, a preocupação aqui é em não perder nenhuma informação.

3. Existem regras? Sim! 

1. É importante ter um computador para consulta - e todos devem utilizar.

2. Não usar o celular sob hipótese alguma.

3. Não fugir do tema. É essencial manter atenção total no problema a ser resolvido. 

4. Quanto tempo deve durar um brainstorm?

O tempo exato de duração pode depender da complexidade do problema a ser resolvido. Mas é importante definir esse tempo. Normalmente 1 hora é o suficiente, e esse período deve ser dividido em: 10 minutos para passar o briefing aos integrantes; 30 minutos para geração de todas as ideias; 20 minutos para seleção das melhores ideias e fechamento com as que resolvem o problema da melhor forma.

5. Material de apoio

Vale lousa branca, quadro negro, post-it ou computador com uma tela que possa ser vista por todos - o importante é que na medida em que o moderador anote as ideias coletadas, todos os outros participantes também tenham acesso a essas anotações. 

A criatividade funciona por meio de um processo de ebulição, e quanto mais o cérebro esquenta, mais as boas ideias surgem. 

É importante ter um cronômetro que delimite o tempo gasto em cada etapa, desta forma os integrantes podem se manter atentos e evitar distrações. 

6. O grande momento começa com a tempestade de ideias!

Durante o brainstorm é importante seguir algumas dicas para que tudo ocorra sem problemas, e com muita criatividade:

Dispare ideias em sequência: especialistas afirmam que uma ideia precisa sair para dar lugar a outra. Ou seja, um desbloqueia o outro e isso cria uma série saudável de ideias. Ainda que pareçam engraçadas, lúdicas demais ou até bobas para você.

Não se prenda a sua primeira ideia: essa dica tem muito a ver com a anterior. É importante manter as ideias fluindo. Não se preocupe, conforme você mantém o processo criativo funcionando, as ideias melhores surgem.

Sua ideia NÃO é soberana: achar que a sua ideia é a melhor, além de atrapalhar brainstorming, limita o seu processo criativo. Desapega, colega!

Pratique o poder da síntese: o momento de geração de ideias, não é o momento para se estender explicando o “porquê” da sua sugestão. Apenas dê a ideia. Você terá a chance de explicar tudo detalhadamente no momento oportuno.

Não critique o amiguinho: é absolutamente proibido censurar, julgar ou fazer piadas a respeito das ideias alheias. O medo da repressão é o primeiro ponto a coibir uma pessoa de compartilhar suas ideias e pensamentos. Se isso acontecer, todo o processo de brainstorming estará comprometido.

7. Como selecionar tanta ideia boa?

Se você seguiu todas as dicas anteriores, provavelmente o seu brainstorm rendeu muitas ideias incríveis. Mas, apenas uma delas é suficiente para resolver o seu problema. Aprenda a selecionar as melhores:

Esclareça o significado de todas as ideias: sabe aquela palavra que foi anotada e que aparentemente não tem ligação com o problema? é hora de descobrir o que ela está fazendo ali.

Filtre as ideias por segmento: agrupe todas as ideias que são semelhantes, ou que possuem a mesma finalidade. 

Faça uma votação: peça aos participantes para que votem nas melhores ideias, aquelas que merecem ser analisadas mais a fundo, e elimine as demais. Nessa etapa é hora de estudar as ideias e os seus significados e escolher a que resolve o seu problema da melhor forma.  

Guarde boas ideias para usar no futuro: as ideias que não foram selecionadas podem ser guardadas em uma reserva de ideias e aproveitadas futuramente.

Depois de aprender tudo isso, provavelmente você vai querer resolver todas as questões e problemas da sua empresa por meio do processo de brainstorming, não é mesmo?

Se você gostou das dicas, e se elas te ajudaram a entender melhor como é que funciona essa ferramenta, ou como melhorar a sua aplicação no dia a dia, deixe um comentário!


O que achou dessa postagem?

Nos mande seu comentário, é simples e rápido.

Compartilhe essa Notícia:
Carol Sabadin - Agência Gênia
Carol SabadinExecutiva de contas

Receba em primeira mão

Cadastre-se e receba as novidades em seu e-mail.

OUTRAS POSTAGENS

Anterior

O que aprender com o Super Bowl?

Proximo

Técnicas para melhorar o seu processo…