Web

3 Dicas para Diminuir Custos e Melhorar o Desempenho de Seu Site

03 de Julho de 2015- Por Mateus Alcova - Desenvolvedor Web0

Desde que comecei na área de desenvolvimento acompanho a evolução da web. Com isso, no começo, participei de projetos onde a performance e a UX (Experiência do Usuário) não era tão significativa. Porém, com a evolução constante da web, novos padrões e ferramentas foram criados para otimizar os sites e a performance começou a ser um fator primordial.

Já se foi a época onde os sites eram feitos em tabelas, imagens pesadas, códigos gigantes e mal otimizados. Hoje em dia, o usuário está tão acostumado com acesso rápido à informação, que, se o seu site demorar 3 segundos para carregar, acabará deixando-o frustrado. Com isso você poderá correr o risco de perdê-lo para seu concorrente, causando então prejuízo para sua empresa.

De fato, se você tem um site com uma boa performance, o usuário ficará interessado e atraído, podendo converter isso em vendas, confiança em sua marca ou também em maiores acessos em seu site. Com isso, grandes empresas tem feito testes de performance para analisar seus clientes, como a Amazon, que descobriu que 100 milissegundos a mais de carregamento do seu site reduzia 20% de suas vendas e também o Google Maps que realizou um teste em sua homepage, diminuindo seu tamanho de 100KB para 80KB, aumentando o tráfego em seu site.

Para não correr o risco de perdas de vendas ou usuários, é importante estar atento as táticas para melhorar a performance do seu site. Nós, desenvolvedores aqui da Gênia, sempre estamos atentos as novas ferramentas e táticas que saem no mercado e com isso irei listar algumas delas, como:

Comprimir Imagens

É o processo de diminuição de tamanho de um arquivo, sem perder tanto a qualidade do mesmo. Ferramentas:  JPEGMini e TinyPNG.

Minificar o HTML, CSS e JavaScript

Diminuir o tamanho desses três arquivos essenciais em seu site trará grandes resultados. Lembre-se que estamos falando de pequenos ajustes. Ferramenta: Grunt.

PageSpeed Insights

Após seu site estar no ar, é só colocar a url dele nessa incrível ferramenta do google que irá te informar os itens que você precisa arrumar pra aumentar a performance, além de dar uma pontuação ao seu site. Cada item deve ser analisado com cuidado para que seja tratado da melhor maneira possível. Esses pequenos ajustes ajudam a evitar desperdício de dinheiro com servidores e pior: a perda de potenciais clientes.

Enfim, essas são algumas dicas. Com elas, você diminuirá custos, evitará a perda de clientes por questões de desempenho e aumentará as chances de concretizar seus objetivos, sejam eles a venda de um serviço ou produto.

Gostou desse post? Comente utilizando o formulário abaixo e cadastre-se em nossa newsletter para receber nossas novidades por e-mail.

O que achou dessa postagem?

Nos mande seu comentário, é simples e rápido.

Compartilhe essa Notícia:
Mateus Alcova - Agência Gênia
Mateus AlcovaDesenvolvedor Web

Receba em primeira mão

Cadastre-se e receba as novidades em seu e-mail.

OUTRAS POSTAGENS

Anterior

O que aprender com o Super Bowl?

Proximo

A Qualidade e os Olhos dos Outros